domingo, 8 de abril de 2012

AVISO

Um dia irás te surpreender.
Quando menos esperares
Já entrei e me alojei
No estranho quarto que chamas de cérebro.
Dali todos os dias partirei pela tua corrente sanguínea
E te aquecerei o corpo.
Dali todos os dias invadirei teu inconsciente
E te levarei ao mais doce delírio.
Dali todos os dias te ensinarei
O quanto posso me tornar imprescindível na tua vida.
Assim, cuidado.
Não permitas que eu me aproxime, pois se te descuidares
Saberei aproveitar tua distração.

12 comentários:

Palavras disse...

Ele já se distraiu
E você já se instalou...

Beijos Gisa e uma excelente Páscoa para você e toda sua família!

Leila

ANTONIO CAMPILLO disse...

Introducirse en el pensamiento más íntimo y extenderse por todo el cuerpo es una de las ilusiones ni comprendidas ni realizadas jamás.
Sería lo más sublime de una unión tan potente como deliciosa.

Un fuerte abrazo, querida Gisa.

Sérgio Pontes disse...

Muito giro Gisa, boa Pascoa

Dilmar Gomes disse...

Ei, querida, tu já estás instalada na minha admiração,grande poetisa!
Um abraço. Tenhas uma linda semana.

Rogério Pereira disse...

Como quem põe raposa guardando galinheiro
rondo-te a proximidade o dia inteiro

(Anda. Estou distraído)

Antonio Porpetta disse...

Gracias por tus palabras. En tu blog hay un mundo riquísimo de sensaciones, ideas y sentimientos. Felicidades!

Anne Lieri disse...

Poesia que faz refletir!Gostei muito,Gisa!bjs e boa semana!

Carla Ceres disse...

Uma presença entorpecente. Que medo!!! :)

Y Otros Paisajes.. disse...

Hermoso!!!

Flor de Jasmim disse...

Gisa
E me levarás ao teu cantinho onde eu já me instalei em tua poesia!

Beijinho e uma flor

iglesiasoviedo disse...

A mi también me gusta moverme en las distancias cortas.
Besos.

OceanoAzul.Sonhos disse...

Quem avisa amigo é :)
Muito bom Gisa, como sempre!

beijos
cvb