sexta-feira, 8 de junho de 2012

PODER

É chegada a hora de arrumar as caixas, tirar o pó, varrer os tapetes,  lavar o chão. Não posso viver para sempre nesta desorganização orquestrada por mim mesma, na tentativa de não perceber que a espera  é ilusória, pois o que foi jamais retornará. Devo escutar minha razão e entender o que se passou, efetivamente passou. Por que foi bom, não significa que terá reprise, ou continuação. A obra de arte tem valor por sua unicidade. Deixar a lacuna sempre  aguardando o preenchimento específico, impede de tentarmos novos encaixes, ou ainda de aparar algumas arestas com o intuito de modificar a própria lacuna. Quero ter coragem de honrar ao que me proponho. Quero um resto de dignidade para poder reorganizar tudo e ficar feliz com a nova ordem. Quero, sobretudo, que a compreensão chegue em mim como um todo e que o coração, diante de tais determinações, não revide. Só ele poderia estragar tudo.

13 comentários:

wcastanheira disse...

É mesmo, qtas vezes o coração entra e fala mais alto e então, estraga tudo, belo texto, gostei meeeesmo, pra ti guria, bjos, bjos e bjosssssssssssssss

Carla Ceres disse...

Quanta força é necessária para tomar uma atitude dessas, Gisa! Espero que todos nós a tenhamos no momento preciso. Beijos!

Silenciosamente ouvindo... disse...

Desejo muito que tenha essa força
para fazer o que se propõe.
Um grande beijinho e CORAGEM.
Irene

ricardo alves disse...

shocking and revealing!!!

Fê-blue bird disse...

Amiga, a força do teu coração é enorme, sei que te vais reorganizar, pois dentro de ti está a força para o fazer.
Desejo-te o melhor!


beijinhos

Sérgio Pontes disse...

Gostei de ler, um abraço

ocupaAredeglobo disse...

sem o psicologimo das lacunas e das faltas,
você pode plenamente, bastando um
abraço neste horizonte:o cosmos.
b
l

Inaie disse...

e eu quero que você use as experiências passadas como referência para querer sempre mais, para querer que seja sempre melhor!!!

por que amanha pode ser muito mais ensolarado que ontem. é só abrir a janela.

Inaie disse...

e eu quero que você use as experiências passadas como referência para querer sempre mais, para querer que seja sempre melhor!!!

por que amanha pode ser muito mais ensolarado que ontem. é só abrir a janela.

Suu Munizz disse...

Tem uma hora que a gente vê que a vida segue e que passado não volta,mas se foi bom resta-nos guardar as boas lembranças e se foi ruim,não há como esquecer,mas é pegar o erro,aprender e seguir!
um lindo fim de semana Gisa,abraço,=)

Rogério Pereira disse...

Tenho uma ideia: volta a desarrumar as caixas, abre teu aspirador e volta a espalhar o pó, e não esqueças de o espalhar pelos varridos tapetes... O chão? Podes deixá-lo, acabo de atravessar um lago e depressa ficará como antes. Que volte a reinar a velha ordem. O resto te explicarei depois, quando chegar.

Um coração grande não pode estragar o passado.

Filoxera disse...

Denoto, nos teus mais recentes posts, alguma vontade de mudar. Que assim seja, se é o que desejas. O início é a determinação, o resto constrói-se a partir daí.
Uma boa semana, Gisa.

ANTONIO CAMPILLO disse...

Un excelente relato, Gisa.
Cuando el interior de nosotros mismos se encuentra con telarañas, polvo, sin airear, es necesario comprender que algo propio se va degradando.
Tratar de volver a empezar siempre es difícil pero la anulación es más perversa para quien la acepta a pesar de ser provocada, probablemente, por él mismo.

Un fuerte abrazo, querida Gisa.