segunda-feira, 21 de março de 2011

VENTO

O vento não lhe incomodava. Ao contrário, todas as noites, antes de dormir, abria as janelas para que entrasse no seu quarto. Compartilhavam segredos, riam e conversavam. Arrepiava-se, prazerosamente, com seus carinhos. Um dia, percebeu que nada mais a prendia àquelas paredes, desfez-se no ar e voou com ele na imensidão da noite para viver, talvez, um grande amor.

16 comentários:

Amapola disse...

Nossa... Que poema lindo, menina!! Amei...

Um grande abraço, querida amiga Gisa.
Durma com Deus.

Muito obrigada pela honra da sua visita.

Guará Matos disse...

O vento transporta
Para todos os cantos
Sorrisos
Prantos
Tristeza
E paixão

Bjs.

Celylua - O blog das Letras disse...

Querida Gisa,
Saudades poéticas, rsrs.
Adorei o poema, muito lindo, parabéns!
Beijo no coração.

OceanoAzul.Sonhos disse...

Gisa, voar na brisa do vento, viver um grande amor...que maravilha...

Adorei!
beijinho
OA.S

Bergilde Croce disse...

Pra ser feliz é preciso seguir um bom vento e arriscar.É muito cômodo o conforto de um quarto fechado com ar condicionado,mas o natural é muito melhor!Divago sempre que venho aqui e gosto disso,
Abraços pra você!

Suzana Martins disse...

E o vento a levou para perto dos versos, pois ali era a poesia do ser feliz!!

Lindo!

Beijos

Lully disse...

Já estava pronta para um grande amor, visto que abria a janela para ele todas as noites. Agora saiu da redoma em cia do vento, e com certeza há de encontrá-lo.
Bonito, amiga. Como sempre =)

Lufe disse...

Livre, leve e solta...
Somente assim se consegue ter o vento como parceiro e voar ao seu bel prazer.
Um grande amor?.....quem sabe?.....

bjoca

Sandra disse...

E tudo o vento leva, deixando apenas ficar as grandes paixões.
Tens uma escrita suave como a brisa.
beijo

Dave disse...

O vento leva, o vento trás, o vento tira, o vento inspira, mas ficar parado, isso ele nunca fica! Um dia eu aprendo com o vento...

Beijo!

Marília Felix disse...

Vento traz, TUDO de novo!

Obrigada pela visita calorosa lá no meu espaço! Sintan-se abraçada por mim, Gisa! =)

Adooro aqui!
(;*

Rogério Pereira disse...

Aconteceu-me o mesmo
com uma sorrateira e suave brisa...

Antônio Henrique disse...

Que doce Querida GISA, pequenas palavras que descrevem uma situação muito prazerosa.

Q bela mensagem simples e belíssima.

dja disse...

uauuuu que vento abençoado.

Lindooooo lindona

beijos

vanessa cony disse...

A brisa suave tocou seu coração...
Beijo no seu.

FATIMA ZELK disse...

lindo,lindo,lindo.....compartilhei
Obrigada