sábado, 10 de março de 2012

COMPREENSÕES

Dois estranhos.
Nunca se viram.
Mundos apartados.
Vidas em curso horizontal e antagônico
Buscando a colisão.
Dois próximos.
Convivência diária.
Mesmo universo.
Vidas em curso horizontal e antagônico
Buscando o afastamento.
Dois quereres.
Querer distante, ficar próximo.
Querer próximo, ficar distante.
Uma difícil compreensão consciente
Do inconsciente.
Uma impossível compreensão inconsciente
Do consciente.
Artimanhas do infinito.

13 comentários:

Rita disse...

Olá vim conhecer seu Blog,e
voltarei mais pq gostei de tudo
que tem por aqui,poesias é o que
mais gosto,e vc é muito simpatica
Abraços de bom final de semana!!

http://cantinhovirtualdarita.blogspot.com/

Mª LUISA ARNAIZ disse...

Nunca se ha sabido el porqué de lo que transmites en este poema. ¡Cómo me ha gustado!

Rogério Pereira disse...

(Fiquei aflito...
ela procura
a quadratura
do circulo)

Zeca disse...

"João amava Teresa que amava Raimundo
que amava Maria que amava Joaquim que amava Lili que não amava ninguém."
Carlos Drummond de Andrade

heretico disse...

talvez a "tangente" seja a soluçao.

gostei. também fico...

beijo

Mery disse...

Oi, Gisa.
..."de artimanhas eu conheço!
Essas do querer distante...ficar próximo" ...enfim, eu sou de viver imaginando, sou de incompreensões, gosto das ilusões...Muito mal, isso * *N ão gosto de ser assim, mas sou; boa noite, bjus

Luís Coelho disse...

Difícil entender estas situações mas todos estamos nelas e somos um pouco assim.
Lutamos desesperadamente para conseguir uma coisa e depois de a termos não lhe atribuímos o devido valor...

ANTONIO CAMPILLO disse...

Las vivencias en espacios y tiempos diferentes encontrándose en espacios y tiempos idénticos, son el eterno juego de los humanos.
Qué complejo es ser consciente del inconsciente. ¡Te puede engañar tan fácilmente!
Gisa, es un poema excelente.

Un fuerte abrazo, querida Gisa.

Sérgio Pontes disse...

Muito lindo, beijinhos

AC Rangel disse...

E segue este dilema, emoldurado pela vida, para sempre. Para sempre?

beijo

Parabéns

Cores da Vida... disse...

Oi Gisa...,

Eis que no dia a dia com as pessoas, uma batalha se trava...

Gostei muito. Bem bolado...

Beijos,
Ana Lúcia.

Blog do Óbvio - Manoel disse...

Gisa, você deu uma "passeio" maravilhoso dentro do nosso cérebro imaginando suas artimanhas. Genial!
Beijo carinhoso.
Manoel.

Filoxera disse...

A complexidade da vida...
Beijinhos,Gisa. E uma boa semana.