domingo, 27 de maio de 2012

RECORTES

Com a tesoura de ponta rombuda
Cuidadosamente destacou a imagem dele
Do cenário azul celeste
Da antiga fotografia.
Linhas curvas, linhas retas, detalhes.
Agora tinha dois:
Ele e a sua ausência.
Dormiu feliz comemorando
O ganho.

9 comentários:

CHIICO MIGUEL disse...

Gisa, Outro poema, que também pode ser pra você, poeta, fina poeta, de traços leves, sensualidade na medida da pele, imagnes que nos tornam alegres, às vezes pungntes. Outro poema que fiz nestes dias:
AFLIÇÃO

Francisco Miguel de Moura


Esqueci Drummond
E ele não me deixa.
Pergunto: És uma gueixa?
E ele me responde:
Non! Non! Non! Non!

E esqueci Castro Alves,
Mas Castro não me deixa,
Ao contrário me beija
E todo me desleixa
E deita e rola...

Queixas, queixas...

Non! Non! Non! Non!...
Quero-me um cãozinho,
Só e vagabundo...
Que os poetas sonhados
E lidos,
E achados,
E até os declamados
Deixem-me perdi... dos!...

Que eles morram vivos,
E eu viva afogado
Em meu sono ferrugem
Em minha sede sem margem.

Fê-blue bird disse...

Li e reli este poema/pensamento enquanto recortava a minha fotografia.

Belo!

beijinhos

heretico disse...

só não compreendo a "tesoura de rombuda"...

não deveria antes ter as "pontas bem afiadas"? rss

adorei.

beijo

Rogério Pereira disse...

Muito bom
bem dentro do teu estilo e som

Feliz por ti
e por escreveres assim

:))

ANTONIO CAMPILLO disse...

Los efectos que se pueden realizar con el famoso fondo azul son increíbles.
Como bien dices, con este cuidadoso recorte se poseen dos imágenes, la verdadera y la recordada cuando la ausencia se patentiza.

Un fuerte abrazo, querida Gisa.

Cris Campos disse...

Às vezes não há meio mais adequado para nos destacarmos de certos cenários, que não de forma rápida e rude.. O pior é que quase sempre isso nos deixa felizes mesmo. Gr. Bj. doce Gisa! \o/!

Anne Lieri disse...

Gisa,um tocante recorte em sua poesia!Adorei!bjs,

Fernando Santos (Chana) disse...

Belos recortes de poesia...Espectacular....
Cumprimentos

CamilaSB disse...

Olá, Gisa... que belos poemas, bem humorados e lindos...recortados com a fina tesoura da poesia!
Um beijinho com amizade!