segunda-feira, 24 de outubro de 2011

LENTE

Estendeste-me as mãos e
Acedi ao teu convite sem dúvidas.
Esvaziei-me por completo
Dos conceitos, impressões e imagens
Que até então carregava,
Não poderia conviver com o risco
De comprometer a novel experiência.
Entrei em teu ambiente
Sem medo.
Acomodei-me confortavelmente
Atrás de tuas janelas escuras
E, observando a poderosa lente que havia na frente delas,
Esperei o que me tinhas preparado.
De imagens te fizeste
Mutantes em cores e elementos
Ao som do violoncelo e dos violinos.
Foste felino e bonde, rua e transeunte, mar e sol.
Vi metrôs passarem por igrejas e trilhos que levavam a grafites multicoloridos.
A vida se fez em toda tua diversidade de sabores e enfoques
Penetrasses nas almas que aguardavam ou caminhavam sem rumo
Mães, filhos e ladeiras, incontáveis ladeiras.
As luzes da cidade, que derretiam para dentro das águas, tinham o condão de içá-la aos ares.
Palavras de protesto e sorrisos de compreensão formam paradigmas de conduta.
Flores e helicópteros em contraste com o céu azul
Preenchem o ambiente natural tão inusitado ao cotidiano urbano.
Chegado ao final da agitada viagem desembarquei dos teus olhos
Pulando através das tuas pupilas.
Foi com susto que me percebi,
Imóvel,
Diante da tua implacável lente.
Sorri com o coração quando
Em um fugaz clic
Capturaste-me para sempre
Em mais uma de tuas fotografias.



Uma pequena homenagem a um grande artista Sérgio Pontes do blog "A Teoria do Kaos".



Beijinhos a todos!



13 comentários:

Richard Moisan disse...

Mais à l'intérieur d'une photo, on est toujours prisonnier...
Bon début de semaine, Gisa!

Carla Ceres disse...

Oi, Gisa! Hoje vim pedir uma força. Meu poema “Arco-Íris” está concorrendo em uma votação online no endereço http://www.premiosfliporto.com.br/2011/toc140.php Se você puder, por favor, passe por lá e deixe uns votinhos pra ele. As votações terminam no dia 26 de outubro, à meia-noite. Beijos e obrigada!

Sérgio Pontes disse...

Já encontrei ;-)

Está lindo! Adorei, és uma querida!

Beijinhos

Adorei mesmo =)

Dja disse...

Olá querida.


Linda homenagem, poesia perfeita, palmas pra poeta que eu adorooo e sucesso e parabéns pro fotografo que consegue capturar com sua lente instantes pra toda uma eternidade.

beijos querida, ótima semana.

Paulo Francisco disse...

Captura revelada.
Adorei.
Um beijo grande

OceanoAzul.Sonhos disse...

Querida Gisa, fiquei muito contente por encontrar aqui o meu amigo Sergio Pontes, de facto um fotografo por excelencia. O teu texto, as imagens dele, em perfeita sintonia.

Um abraço a ambos!
oa.s

Vinicius.C disse...

Nossa que beleza, eu adorei!

Desejo um ótimo inicio de semana!

Estou esperando por você no Alma!

Flor de Jasmim disse...

Gisa
Lindo por e simplesmente. Adorei.
beijinho e uma flor

Fê-blue bird disse...

Gisa:
Que linda e poética homenagem ao seu amigo.
A amizade faz sair de dentro de nós as palavras e as imagens mais belas. LINDO!
Claro que vou visitar o talentoso destinatário desta homenagem.
beijinhos

Sérgio Pontes disse...

Voltei para te agradecer mais uma vez =)

Se tiveres facebook, fiz lá um link para o teu blog na minha página.

http://www.facebook.com/ateoriadokaos

Beijinhos

Palavras disse...

Lindo!

Você conseguir fazer poesia do ato de ser fotografada!!!
Você é ótima Gisa! The best!

Bjs e boa semana!

Nita disse...

Suas páginas ecoam beleza e afecto.
Simplesmente...lindo!

Um beijo da Nita.
De bom dia.

Marinha disse...

Linda e sensível homenagem, Gisa! Parabéns aos dois!
Bjo